Mediação didática no Ensino Superior – inventividade, níveis de abstração e o uso da metáfora como recurso didático no ensino de Sociologia

Download

- Estrelas (0)

3 Downloads

Dono: Rafael Bermudi

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 05-12-2018 10:38

Compartilhar
DescriçãoVisualizarVersões

O presente artigo de natureza bibliográfica discute alguns desafios postos no primeiro contato de alunos de Ensino Superior com o pensamento científico nas disciplinas de introdução à Sociologia. Inicialmente pretende-se identificar as dificuldades de ordem didática, para posteriormente oferecer alternativas que superem a estratégias de ensino dominantes na formação acadêmica tradicional (CUNHA, 1999). O objetivo desta reflexão consiste em convidar os professores do Ensino Superior a experimentarem um caminho didático calcado na seleção e decisão consciente, no que diz respeito aos objetivos envolvidos no ensino de conhecimentos científicos, seguindo as definições de Bourdieu, Chamboredon e Passeron (2004). Resgatamos aqui Wright Mills (1975) para dialogar sobre estratégias didáticas no ensino das teorias sociológicas, dentro de sua concepção de imaginação sociológica. Neste sentido, a metáfora discutida por Paul Ricoeur (2000) será aqui resgatada como uma estratégia discursiva e didática capaz de construir em sala de aula, uma apropriação consciente de parte dos objetivos do pensamento científico, apontando para um aprendizado introdutório da Sociologia, superando uma visão de senso comum (Vygotsky, 1991; ARENDT, 2007). Dentro de uma concepção de transposição didática (GUIMARÃES, 2015), objetivamos aprofundar um tipo de inventividade específica sobre o “olhar sociológico” e interpretativo da realidade social, oferecendo um balanço das possibilidades que esta estratégia didática apresenta

Comentários estão fechados.