Gestão, relações de poder e docentes negras: a percepção do racismo e do padrão estético contemporâneo na atuação e na subjetividade de docentes negras em instituição de ensino pública e privada do distrito federal

Download

- Estrelas (0)

0 Downloads

Dono: Rafael Bermudi

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 30-10-2018 13:53

Compartilhar
DescriçãoVisualizarVersões

Este estudo visa analisar a percepção do racismo e do padrão estético contemporâneo midiático têm sobre a atuação e na subjetividade de docentes negras em instituição pública e privada no Distrito Federal. Como objetivos específicos: refletir sobre o racismo e o padrão estético contemporâneo midiático na sociedade brasileira; identificar o perfil e as formas utilizadas para superação da discriminação de gênero, raça e estética das docentes negras investigadas; bem como contribuir para incremento das ações afirmativas institucionais que promovam a inclusão dos docentes negros. O estudo é de natureza qualitativa. Utilizou-se observação direta, entrevista, aplicação de questionário e a Análise de Conteúdo (BARDIN, 2009). Foram pesquisadas 5(cinco) docentes negras em universidades, pública e privada, do Distrito Federal. A pesquisa realizada evidencia a permanência de discriminação e racismo na docência no ensino superior. Na percepção das docentes negras pesquisadas a imagem dos negros, principalmente das negras, predomina a posição de subalternidade na mídia; a identidade negra é considerada uma força, pois não se submetem ao padrão estético contemporâneo e valorizam a profissão docente universitária como uma conquista pessoal, profissional e social, especialmente por representarem uma expressiva minoria nas instituições em que trabalham.

Comentários estão fechados.