Formação do docente para a gestão universitária: uma análise indutiva dos professores gestores da pós-graduação stricto sensu da UFRJ

Download

- Estrelas (0)

6 Downloads

Dono: Rafael Bermudi

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 29-10-2018 14:02

Compartilhar
DescriçãoVisualizarVersões

Os professores gestores dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro são oriundos de áreas diversas à Administração. A ausência de formação específica orientada para o desempenho das funções da gestão levou ao objetivo desta pesquisa: descrever como o professor gestor de Programa de Pós-Graduação em Instituição Federal de Ensino Superior – IFES aprende e desenvolve suas competências gerenciais, mesmo sem capacitação específica para a gestão. Para alcançá-lo na pesquisa, adotou-se metodologia qualitativa indutiva de análise de dados, nos termos de Thomas, pela qual os resultados emergem dos dados pesquisados. Da análise resultaram formas, fontes e conteúdo da aprendizagem gerencial destes docentes, e o que desejam aprender, que permitiram identificar assuntos para capacitação na gestão. Neste artigo especificamente, que tem por objetivo evidenciar a ausência de formação do docente para a função de gestor, considerou-se a capacitação para o desenvolvimento de competências e consequente desempenho das funções no serviço público federal, assim como a transição do docente para função de gestor. As recomendações finais envolvem processos de aprendizagem na prática da gestão, necessidade de reflexão para desenvolver competências considerando a relação entre contexto social, indivíduo e suas experiências vividas. The management professors of the Post-Graduation Programs of the Federal Rural University of Rio de Janeiro come from different areas to the Administration. The lack of specific training oriented to the performance of the management functions led to the objective of this research: To describe how the professor of postgraduate program in Federal Institution of Higher Education – IFES Learns and develops their managerial skills, even without specific training for management. To reach it in the research, it was adopted a qualitative inductive methodology of data analysis, according to Thomas, by which the results emerge from the data surveyed. From the analysis resulted the forms, sources and content of managerial learning of these teachers, and what they want to learn, which made it possible to identify subjects for training in management. In this article specifically, which aims to evidence the absence of teacher training for the role of manager, it was considered the qualification for the development of competences and consequent performance of the functions in the federal public service, as well as the transition from teacher to manager. The final recommendations involve learning processes in the management practice, need for reflection to develop competencies considering the relationship between social context, individual and their lived experiences

Comentários estão fechados.