Formação de professores para currículos inovadores no ensino superior: concepções, propostas e resultados a partir de uma experiência num curso de direito

Download

- Estrelas (0)

1 Downloads

Dono: Rafael Bermudi

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 09-11-2018 13:08

Compartilhar
DescriçãoVisualizarVersões

Refletindo em aspectos de mudança curricular no Ensino Superior é que o Grupo Formação de Professores e Paradigmas Curriculares – FORPEC – da PUC/SP discute desde 2005 a centralidade do processo de formação de professores como viga mestra de uma construção curricular inovadora e da possibilidade de emancipação pessoal e social de educandos. Alterações profundas na sociedade contemporânea influenciam decididamente as áreas de trabalho estabelecendo novas exigências e novos perfis profissionais, não contemplados, em geral, pelos currículos de formação até hoje em vigência, inclusive no ensino jurídico que se tornou o foco desse artigo. Realizou-se uma investigação num curso novo de Direito de uma Universidade na Cidade de São Paulo no final de 2010 e no ano de 2011 com a intenção de conhecer e refletir sobre o processo de formação docente na implantação desse currículo inovador. Analisou-se documentos, publicações e outros tipos de registros e realizou-se entrevistas semiestruturadas e abertas com coordenadores de metodologia da Instituição. Como resultados pode-se priorizar algumas questões que favoreceram o bom andamento de uma proposta inovadora como o desenho de um modelo curricular previamente delineado, com pressupostos e compromissos básicos, coletivamente construídos por uma equipe engajada com a mudança. Houve compromisso e apoio institucional intenso desde a pesquisa diagnóstica de campo em 2001, até o preparo prévio de material didático em metodologias ativas de 2003 a 2005 e o estabelecimento de um fórum permanente de discussões e estudo dos processos de ensinar e aprender por meio de diferentes canais: workshops semanais, defesas de planos de ensino, seminários, etc. Uma Coordenação em Metodologia também foi instituída. Afinal, não se pode esperar bons resultados na consecução de qualquer projeto inovador se os docentes assumirem apenas uma mudança didática superficial, sem que suas concepções sejam repensadas e reestruturadas na direção de um novo contrato pedagógico e de ensino

Comentários estão fechados.