A base de conhecimentos profi ssionais para o ensino: provocações à docência universitária

Download

- Estrelas (0)

1 Downloads

Dono: Rafael Bermudi

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 29-10-2018 14:30

Compartilhar
DescriçãoVisualizarVersões

O texto resulta de pesquisa que buscou investigar como se deu a construção dos conhecimentos profissionais relacionados ao ensino por parte de professores que lecionam em cursos de Engenharia de uma universidade pública baiana. Visto que, comumente, os programas de pós-graduação stricto sensu estão voltados, predominantemente, para a formação do pesquisador, o processo investigativo girou em torno da seguinte questão norteadora: onde e por meio de quais processos professores de cursos de Engenharia de uma universidade pública baiana construíram seus conhecimentos profissionais relacionados ao ensino? O estudo, de natureza qualitativa, ancora-se em discussões tecidas por autores que discutem sobre a Pedagogia Universitária: Masetto (2012), Pimenta (2009), D’Ávila (2013), Soares (2009), e sobre formação de professores: Pimenta (2014); Marcelo Garcia (2012); Mizukami et. al. (2010) e Nono (2005). A coleta de dados foi procedida mediante um questionário socioprofissional, além da aplicação do caso de ensino intitulado “O dilema de Ricardo”. O corpus de dados produzido foi analisado com base nos pressupostos da técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 1977). A análise dos achados empíricos permite-nos afirmar que: a) os docentes universitários exercem a docência baseados nos professores modelos que tiveram durante o seu processo de escolarização na educação básica e superior; b) a profissão docente, no ensino superior, vai sendo construída cotidianamente, a partir das trocas de experiências com os pares. c) o estágio de docência, realizado durante o período do mestrado, e a participação em treinamentos têm se constituído elementos impulsionadores nos processos de aprendizagem da docência e desenvolvimento profissional dos sujeitos participantes do nosso estudo

Comentários estão fechados.